segunda-feira, 26 de setembro de 2016

Thor Vol 1 158 e 159 - Novembro e Dezembro/1968


EDIÇÃO ANTERIORARCO / ANOPRÓXIMA EDIÇÃO
03 - SILVER AGE / 1968Iron Man 6

Um grande questionamento ocorre entre as duas identidades complementares do deus do trovão. Donald Blake quis saber seu papel e Thor quer saber se tudo o que já passou o fez alguém melhor.


A retrospectiva em torno do Deus do trovão ocorre na edição de novembro de 1968, em um dos retornos de Thor á Terra. Ao se transformar em Donald Blake, o alter ego do herói questiona seu papel em toda aquela bagunça.


O mais incrível era que Blake se lembrava de tudo, desde quando encontrou o cajado em uma caverna enquanto fugia de uma invasão de alienígenas, passando por diversas outras lembranças, como Jane Foster, Lady Sif, Odin, seus colegas asgardianos... 


... mas somente essas lembranças não eram suficientes. Blake queria entender porque ele foi escolhido. Quem ele era em meio à tanta história? Qual a razão dele ter encontrado o cajado e passado por tudo aquilo.


Odin decide mostrar ao mortal a resposta e conta que Thor invadiu Niffelheim, o reino dos Gigantes da Tempestade, quando mais jovem, acabando com a paz e um acordo de divisão de território.


Thor não apenas quebrou o trato, como enfrentou os gigantes e causou mais destruição. Thor era inconsequente e irresponsável mesmo dentro de seus próprios domínios, então Odin o baniu para a Terra, a fim de que ele conhecesse os reais valores dos humanos.


Odin revela que Donald Blake era a personificação de Thor na Terra, e o convívio com doentes, estudando e salvando vidas por meio da medicina era uma ótima maneira do rebelde e inconsequente príncipe de Asgard conviver com a humildade.


Blake era Thor. Thor era Blake. Eram duas pessoas em uma. Uma tentando aprender e outra tentando entender. E Thor aparenta ter aprendido o real valor.


http://marvel.wikia.com/wiki/Thor_Vol_1_158
http://marvel.wikia.com/wiki/Thor_Vol_1_159

Publicada no Brasil
Heróis da TV n° 5 - Abril

domingo, 11 de setembro de 2016

Fallen Son: The Death of Captain America Vol 1 5 - Agosto/2007


EDIÇÃO ANTERIORARCO / ANOPRÓXIMA EDIÇÃO
06 - MODERN AGE /
<Morre uma Lenda>
2007
Em Construção

E o fim chega.  Mesmo após o fim, é preciso decretar o fim.  Formalmente, só acaba quando termina. E quando termina, só então alguns percebem que realmente acabou.



Aceitação... Uma hora isso tem que acontecer. E Tony só conseguiu aceitar quando foi jogada em sua cara a dura realidade. O funeral de Steve Rogers não permite que Tony sequer faça um discurso.



Quem tem que assumir a palavra é Sam Wilson. A fala traz de volta as lembranças da época da guerra, os primeiros e eternos inimigos, as parcerias, a história por trás do sonho.



Comoção geral, um enterro...



... até a revelação que o corpo verdadeiro de Rogers fora levado para o mesmo local onde ele uma vez também ficou dado como morto. Círculo polar ártico, em meio ao gelo do polo norte. Era lá que Tony queria deixar seu amigo Steve Rogers. Apenas contando com a presença de Hakn Pyn e Janet Van Dyne, Tony finalmente profere suas palavras.



Namor, aquele que o tirou do gelo décadas antes, o leva de volta ao gelo. Steve Rogers estava morto.



http://marvel.wikia.com/wiki/Fallen_Son:_The_Death_of_Captain_America_Vol_1_5


Publicada no Brasil
A Coleção Oficial de Graphic Novels Marvel n° 51
Capitão América - Morre Uma Lenda n° 2



segunda-feira, 5 de setembro de 2016

Fallen Son: The Death of Captain America Vol 1 4 - Julho/2007


EDIÇÃO ANTERIORARCO / ANOPRÓXIMA EDIÇÃO
06 - MODERN AGE /
<Morre uma Lenda>
2007
Fallen Son 5

Como é que se segue em frente depois da perda? Como continuar enxergando claramente em meio a tanta névoa triste? Um dos mais abalados depois da morte do Capitão América, o Homem Aranha via tudo turvo, sem explicação.



Depressão... Peter misturava seus sentimentos de perda existentes desde que presenciou a morte de seu tio Ben e voltou a freqüentar o cemitério. Escondido e vivendo agora nas sombras, o antigo amigão da vizinhança tinha que evitar aparecer em público, mas não deixava de tentar entender o momento diferente do mundo pós guerra civil.



Em uma das visitas, ele encontra Rhino no mesmo cemitério. Partindo para a porrada sem pensar, mal sabia o herói que o gigantesco vilão também visitava um ente perdido.



A luta o faz relembrar encontros com o Capitão América, onde eles enfrentavam os perigos juntos, destacando a coragem e a garra do sentinela da liberdade.



Wolverine continuava acompanhando seus colegas e assistiu a performance do Aranha. Logan queria entender um pouco de tudo que ocorria com os que eram mais próximos de Rogers. Ele não ia desistir.



http://marvel.wikia.com/wiki/Fallen_Son:_The_Death_of_Captain_America_Vol_1_4
Publicada no Brasil
A Coleção Oficial de Graphic Novels Marvel n° 51
Capitão América - Morre Uma Lenda n° 2



Cronologia Homem Aranha

sábado, 3 de setembro de 2016

Fallen Son: The Death of Captain America Vol 1 3 - Julho/2007


EDIÇÃO ANTERIORARCO / ANOPRÓXIMA EDIÇÃO
06 - MODERN AGE /
<Morre uma Lenda>
2007
Fallen Son 4

O fim de uma lenda afeta toda uma nação. A reação das pessoas segue por diversos caminhos. Mas sempre tem gente que não vai aceitar bem e aqueles que vão procurar desesperadamente algum substituto.



Barganha... Isso era o que o Homem de Ferro queria. E por mais incrível que pareça, ele encontrou alguém bem inesperado para sua negociação. Clint Barton!



Depois de todas as checagens de identificação, Stark chega à conclusão que o Gavião Arqueiro estava de volta, sabe-se lá como. E uma idéia vem à cabeça do milionário.



Barton queria saber o que ocorreu para a morte de Steve Rogers. Tony o leva até a sala do aero-porta-aviões onde estava o escudo do herói bandeiroso. E faz com que o Gavião lembre dos momentos que quis tomar o lugar do Capitão, principalmente durante a época que se achava pronto para assumir a liderança dos Vingadores.



Tony mostra como atuavam os jovens heróis. Dentre eles, o Patriota e a Gaviã Arqueira (em inglês, Hawkeye), mostrando que, assim como o bandeiroso, Barton também tinha o seu lado lenda...



Barton veste o manto do Capitão América e aborda os garotos que agiam sem registro. A conversa mostra que não era apenas a admiração que movia os heróis. Era também a ideologia por trás dos personagens. E isso é suficiente para fazer com que Barton lembrasse da ideologia de liberdade pregada pelo Capitão América 



Barton libera os jovens e não deixa Tony prendê-los. O Homem de Ferro percebe que as crenças de Steve Rogers estavam para sempre nas mentes dos que conviveram com o sentinela da liberdade. Mas Barton também percebe que o Capitão América era verdadeiramente insubstituível.



http://marvel.wikia.com/wiki/Fallen_Son:_The_Death_of_Captain_America_Vol_1_3


Publicada no Brasil
A Coleção Oficial de Graphic Novels Marvel n° 51
Capitão América - Morre Uma Lenda n° 2



quinta-feira, 1 de setembro de 2016

Fallen Son: The Death of Captain America Vol 1 2 - Junho/2007


EDIÇÃO ANTERIORARCO / ANOPRÓXIMA EDIÇÃO
06 - MODERN AGE /
<Morre uma Lenda>
2007
Fallen Son 3

O impacto da morte do Capitão América reverbera por todos os personagens, por todos os grupos e por todos os lados. Quem conviveu com ele sente ainda mais, não importando de que lado esteja agora.



Fúria... Seja um Vingador, um dos Novos Vingadores ou um dos Vingadores Sombrios, o sentimento era terrível. O grupo liderado por Tony Stark tentava seguir a vida com suas responsabilidades e suas atribuições. Miss Marvel, Magnum, Viúva Negra e outros continuavam sua luta contra as ameaças do mundo...



... enquanto para os últimos aliados de Steve Rogers restava se manter escondido em uma sala, atuando nas sombras e só com muito cuidado. Luke Cage, o Coisa, Homem Aranha, Wolverine e mais alguns contra-registro destilavam sua indignação em discussões acaloradas entre si.



Nas missões dos Vingadores se percebia claramente a atuação mais tensa e receosa, mostrando que não havia um consenso sobre o desdobramento terrível da guerra civil...



... enquanto nos esconderijos, quem mais sofria era o Homem Aranha e Wolverine, que decidiu entrar em uma caçada pessoal pelo culpado.



Um cenário que ninguém sabia como resolver! Segue a vida?



http://marvel.wikia.com/wiki/Fallen_Son:_The_Death_of_Captain_America_Vol_1_2


Publicada no Brasil
A Coleção Oficial de Graphic Novels Marvel n° 51
Capitão América - Morre Uma Lenda n° 1



quarta-feira, 31 de agosto de 2016

Saga - Morre uma Lenda


ARCO / ANO
06 - MODERN AGE /
Morre uma Lenda >
2007


Logo após a Guerra Civil, a comunidade heróica se recupera da maior perda que já enfrentaram.






Edições que fazem parte dessa saga:


2007


2006                 2008



2007



Fallen Son: The Death of Captain America Vol 1 1 - Junho/2007


EDIÇÃO ANTERIORARCO / ANOPRÓXIMA EDIÇÃO
06 - MODERN AGE /
<Morre uma Lenda>
2007
Fallen Son 2

A morte de um ícone americano abala o universo Marvel. Cada um dos grandes heróis reage de uma forma, mas a indignação é geral. Um sentimento de perda misturado com uma mescla de desconfiança e busca por um culpado regem a atitude dos protagonistas desse mundo.



Negação... Wolverine é um dos que seguem um caminho de desconfiança. Ele discute com Bucky Barnes e planeja entender melhor o ocorrido. O carcaju recruta o Demolidor para uma incursão ao aero porta-aviões da SHIELD, a fim de confirmar o corpo de Steve Rogers.



Logan arma um esquema com o Dr Estranho, que os mantêm invisíveis aos olhos humanos durante a invasão. Logan desvia o curso e revela que o plano era interrogar Ossos Cruzados para saber se ele era o verdadeiro responsável pelo crime, enquanto o Demolidor deveria usar seus super sentidos para descobrir se era verdade o que o terrorista falava.



O interrogatório leva Ossos Cruzados ao limite e ele tenta atirar em Logan. O Demolidor intervém e não deixa Wolverine revidar e afirma que aparentemente o vilão realmente não sabia de nada ou estava com algum bloqueio mental.



Wolverine dispensa o Demolidor e vai ver o corpo do Capitão. Na sala, ele é abordado por Tony Stark e Hank Pyn, após o fim da proteção do Dr Estranho. O Homem de Ferro diz que Logan devia se conformar pois a morte de Rogers era verdade. Wolverine ameaça, dizendo que se descobrisse que havia algum envolvimento de Stark com o crime, as consequências seriam muito sérias. Logan estava realmente irritado.



http://marvel.wikia.com/wiki/Fallen_Son:_The_Death_of_Captain_America_Vol_1_1


Publicada no Brasil
A Coleção Oficial de Graphic Novels Marvel n° 51
Capitão América - Morre Uma Lenda n° 1



segunda-feira, 1 de agosto de 2016

Civil War: The Initiative Vol 1 1 - Abril/2007


EDIÇÃO ANTERIORARCO / ANOPRÓXIMA EDIÇÃO
06 - MODERN AGE /
<Guerra Civil>
2006
Fallen Son 1

Uma nova era começava. Um novo momento para a construção da segurança era construído pela SHIELD e seu novo diretor. Eram muitas idéias, todas voltadas para construir um lugar mais pacífico e controlado para as pessoas.



Tony Stark acompanha agora todas as transmissões de dentro de seu cérebro, interligado agora com sua armadura. Ele era responsável por liderar e organizar as frentes de heróis que se formavam redor do mundo.



No Canadá, a nova Tropa Ômega recruta seus membros para seguir o trabalho da Tropa Alfa...



... enquanto os Thunderbolts começavam a agir, colocando os antigos vilões em um novo patamar.



Mas tudo estava dividido entre grupos menores. O sistema de monitoramento, com a colaboração de colegas do time pro-registro, continuava em busca de heróis refugiados, como a Mulher Aranha. Miss Marvel reporta que até teve contato com Jessica Drew, mas não havia mais clima para combate entre heróis.



Mas o que ainda falta era a tropa de elite. Os Novos Vingadores não existiam mais  e esse grupo não pode faltar. Tony sabe disso!



http://marvel.wikia.com/wiki/Civil_War:_The_Initiative_Vol_1_1


Publicada no Brasil
Guerra Civil Especial n° 4