terça-feira, 1 de setembro de 2015

Fantastic Four Vol 1 527 a 532 - Julho a Dezembro/2005



EDIÇÃO ANTERIORARCO / ANOPRÓXIMA EDIÇÃO
06 - MODERN AGE 2006Spider-Man: The Other
(Evolve or Die) - Parte 3

Nesse run de Straczynski, excelentes questionamentos são semeados no cânone da família super-poderosa. Questões pessoais, questões familiares, questões sociais, questões morais, dentre outras que ilustram até mesmo a origem do grupo. E aproveitam para reintroduzir o Quarteto Fantástico no núcleo compartilhado entre os heróis da Marvel.







Reed Richards, como sempre absorto em suas divagações científico-filosóficas, é convocado por Nick Fury para uma missão ultra-secreta em uma base escondida das forças militares americanas onde era realizado mais um experimento relacionado à geração de super poderes.



Descobertas apontavam para uma nova ocorrência de incidência de raios cósmicos ao redor da Terra nas mesmas condições das que existiram quando o Quarteto Fantástico obteve seus poderes. E o grupo científico convocou Reed para auxiliá-los a recriar o equipamento que o conduziu ao espaço junto com Sue, Ben e Johnny, com detalhes não especificados em documentos. Um novo teste para criar super-seres ocorreria.



O experimento tentava entender qual fator existiu para que cada membro daquela primeira ocorrência tivesse sofrido uma mutação diferente, sendo que todos estavam no mesmo local, sob as mesmas condições. Não fazia sentido que um tenha se transformado em pedra, enquanto outro tenha ganho invisibilidade e campos de força, outro consiga se inflamar e o outro tenha seu corpo parecido com uma borracha maleável.



Enquanto os estudos e a preparação para o novo lançamento aconteciam, no núcleo social outros fatos novos surgiam. O Coisa acabou descobrindo que, apesar de uma certa crise financeira instaurada na família fantástica, ele tinha dinheiro em quantias descomunais e passa a esbanjar absurdamente...



... enquanto Sue enfrentava problemas sociais com a divisão local de proteção à infância, que considerava o edifício Baxter um local inapropriado e perigoso para manter os dois filhos do casal.



Reed chega à conclusão que havia um componente humano importante na equação estudada, pois cada pessoa tinha sua carga histórica diferente. Susan Storm era ignorada pelos país, se sentindo sempre como se fosse invisível e isolada em uma bolha, enquanto Johnny sempre foi esquentadinho e intempestivo, Ben Grimm sempre foi o machão, durão e intocável, e o próprio Reed que sempre se esticou entre a vida científica, com seus projetos e afazeres, e sua vida pessoal.



Sabendo que a experiência tinha um risco enorme de dar um resultado inadequado, Reed sabota o foguete que estava em fase final de preparação e manda tudo pelos ares. Ele consegue fugir de volta ao Edifício Baxter, carregando consigo uma nova teoria sobre a origem deles.



Reed achava que os raios cósmicos com aquela configuração poderiam ser uma forma de comunicação alienígena, e decide levar todo o grupo para enfrentar novamente a radiação como resposta positiva à possível mensagem enviada anos atrás. Todo o grupo aceita acompanhar Reed e eles voltam ao espaço antes que os militares chegassem e prendessem (o agora considerado traidor) Reed.



Os quatro acabam sendo novamente bombardeados com raios cósmicos, mas dessa vez a exposição é muito mais rápida e eles acabam sento atropelados por um tipo de cometa, escondido por trás dos raios. Jogados de volta para a Terra, o grupo usa seus poderes para evitar uma queda descontrolada da nave, mas acabam trazendo um novo tripulante que invadiu o meio de transporte deles durante a bagunça.



De volta a Terra, eles entendem que o ser intergalatico era um cientista de outro planeta que também queria descobrir a verdade sobre o universo. E quando conseguiu achar parte de suas respostas, acabou sendo perseguido por seu povo e fugiu, se interligando com pensamentos do universo que também buscavam a verdade. E assim, ele chegou à Reed.



Entretanto, seu povo conseguia rastreá-lo cada vez mais rápido e eles também chegam à Terra, ameaçando destruir tudo para dizimar a criatura. O ser se teleporta para outro local com o grupo de heróis, mas Reed exige que ele os leve de volta pois a segurança de toda a cidade estava ameaçada.



Usando o resto de sua energia, o ser imaterial teleporta a todos de volta e enquanto Reed, Ben e Johnny enfrentavam as naves alienígenas, o ser se esconde no laboratório do Senhor Fantástico, descobrindo a entrada para a Zona Negativa. Sabendo que aquela poderia ser a única alternativa de salvação, ele pede ajuda à Reed, que decide calibrar o portal. Porém, quando o ser ia passar para o outro lado, uma explosão acontece no prédio e Reed também é jogado para dentro.



Ambos flutuavam na Zona Negativa e Reed questiona o conhecimento do ser imaterial. A criatura era caçada pois era a expressão máxima da curiosidade que evoluiu para uma pergunta personificada, querendo saber a razão da existência do universo, e eles se vêem flutuando de volta no tempo até antes do Big Bang. Em meio ao nada, eles se questionam e a curiosidade dos dois acaba gerando uma pequena partícula que geraria o início de tudo.



Vem o Big Bang, porém dessa vez a evolução parece estar acontecendo de forma desbalanceada. E a criatura pede ajuda a Reed para rebalancear a equação, pois o ser procurava apenas pela verdade enquanto Reed buscava conhecimento. Reed abre sua mente para a entidade e vê a evolução do universo, dessa vez ordenada como deveria ser.



Reed assiste novamente aos eventos que criaram o Quarteto Fantástico e entende que a imagem que ele tinha de seus colegas tinha moldado cada um deles após a exposição aos raios cósmicos.




Reed diz que não queria ver o futuro e queria descobrir o que ainda virá junto com o restante da humanidade. E ele volta ao tempo presente, se separando da entidade, porém um pouco antes do acidente com o foguete da SHIELD do começo da aventura. Mas dessa vez, ele não precisa sabotar o experimento. A nova onda de raios cósmicos alterou-se e não tinha mais a configuração necessária para o teste, inutilizando todo o projeto.




Apesar de um certo exagero com o envolvimento de Reed Richards na criação do universo, Straczynski dá um novo gás para o grupo. A alternância entre o núcleo familiar e a veia científica é feita de maneira exemplar, e as perguntas que buscavam ser respondidas, são respondidas sem resposta.




Alguns momentos de descontração aparecem, como sempre,  com o Coisa. Ao descobrir que tinha muito dinheiro, ele tira uma xerox de sua bunda e envia à Bill Gates, que ao receber a imagem fica sem entender por que o Quarteto Fantástico teria enviado uma foto do Grand Canyon para ele. Hilário!




*Apesar desse longo run ter sido publicado em 2005, ele faz mais sentido se for lido durante a cronologia de 2006, após os acontecimentos da história Dinastia M - O Herdeiro.


http://marvel.wikia.com/wiki/Fantastic_Four_Vol_1_527

http://marvel.wikia.com/wiki/Fantastic_Four_Vol_1_528
http://marvel.wikia.com/wiki/Fantastic_Four_Vol_1_529
http://marvel.wikia.com/wiki/Fantastic_Four_Vol_1_530
http://marvel.wikia.com/wiki/Fantastic_Four_Vol_1_531
http://marvel.wikia.com/wiki/Fantastic_Four_Vol_1_532


Publicada no Brasil
Universo Marvel n° 18 a 21 - Panini


0 comentários :

Postar um comentário

Os comentários são moderados.