terça-feira, 18 de agosto de 2015

Alias Vol 1 24 a 28 - Setembro/2003 a Janeiro/2004



EDIÇÃO ANTERIORARCO / ANOPRÓXIMA EDIÇÃO
06 - MODERN AGE 2003Em Construção

O thriller psicológico adulto mais sombrio da série Alias mostra uma das facetas escondidas de Jessica Jones. Seu passado obscuro esconde um período nada agradável, explicando um pouco o porquê da protagonista ter abandonado a carreira de super-herói.





Não são todos os casos que Jessica Jones aceita. Algumas coisas bizarras que aparecem no mundo fantástico dos heróis não interessam à agência de investigações Codinome. O começo deve desse conto mostra Matt Murdock apresentando Kazaar à Jessica, e ele pede que a jovem investigue o sumiço de seu tigre, Zabu. Ainda bem que ela não aceitou.



Mas o fim das piadas traz o início da passagem mais tensa de toda a série. Jessica recebe uma ligação que a deixa apavorada. Uma advogada representante de vários cidadãos procura pela jovem para que ela acione Zebediah Killgrave, o Homem Púrpura, buscando que o vilão que estava preso admitisse dezenas de crimes que ele não se declarou culpado.



O Homem Púrpura causava muitos problemas graças a sua habilidade de manipular a vontade das pessoas, mediante a utilização de um tipo de feromônio que mantinha sua vítima como se estivesse hipnotizada. E ele era escroto o suficiente para ordenar as coisas mais bizarras possíveis. E Jessica Jones tinha uma passagem tenebrosa de sua vida com o vilão.



Apesar de reclamar com Carol Danvers, que havia indicado a Codinome para o caso, Jessica aceita o trabalho e descobre que Killgrave deixou um rastro de atrocidades antes de ser preso. Desde crianças que tinham que se matar até insanos rituais de escravidão sexual que não foram assumidos, deixando os familiares sem satisfação e sem resposta.



Extremamente incomodada, Jessica acaba afogando suas angústias com Luke Cage e conta para o fortão o pior período de sua vida.



Jessica vivia o início promissor de sua carreira atuando como super-heroína na cidade de Nova Iorque, voando e exibindo seus poderes, porém em uma de suas primeiras ações ela vê uma briga em um restaurante, mas quando interfere descobre que quem causava a briga era o Homem Púrpura, destilando suas atrocidades. Inexperiente, ela acaba dominada pelo poder de Killgrave e passa a servir o nojento por oito longos meses.



Apesar de não conseguir evitar as ordens do Púrpura, Jessica ficou consciente o. Tempo todo, assistindo e ajudando as bizarrices do vilão. Mesmo não sendo molestada sexualmente pelo vilão, ele fazia com que ela implorasse por sexo enquanto ele fazia suas festinhas com dezenas de outras garotas, forçando Jones a assistir tudo todos os dias.



O fim do martírio aconteceu quando Killgrave lê uma notícia sobre o Demolidor salvando a cidade. Ele fica maluco por ver um de seus maiores desafetos se dando bem e ordena que Jessica saia voando, atacando os heróis.



Sem poder evitar, ela vai à mansão dos Vingadores e encontra o grupo de heróis chegando de uma missão. Jessica ataca e nocauteia a Feiticeira Escarlate, se livrando do controle mental do Homem Púrpura, mas causando a ira dos heróis. Para piorar, os Defensores também estavam no local, e quando Jessica percebe o que fez, só tem tempo de fugir voando com medo de tentar explicar.



Ela é pega pelo Thor, que acerta uma martelada na cabeça dela. Os demais heróis, ensandecidos, atacam a moça, terminando com um golpe do Visão. Antes de novos ataques, Miss Marvel, que já conhecia Jessica Jones, consegue levar a garota para longe.



Jessica apagou. Entrou em um tipo de coma e só acordou depois da interferência de Jean Grey, que invadiu a mente da jovem e a resgatou do estado catatonico. Ela se recuperou, recebeu pedidos de desculpas da comunidade heróica que descobriu o que aconteceu após a prisão de Killgrave, e até um convite para trabalhar com os Vingadores. Mas ela não queria mais fazer parte daquilo e partiu para o ramo de investigações.



Mesmo sofrendo com tudo isso, Jessica decide aceitar o caso e encarar o Homem Púrpura na prisão, pedindo a confissão dos demais casos. Psicologicamente enfraquecida, ela não consegue arrancar nada do vilão, a não ser mais um pouco de terrorismo mental.



Jessica volta para comunicar a seus clientes que não conseguiu a confissão do vilão e é surpreendida com a notícia que uma rebelião na Balsa havia acontecido e que o Homem Púrpura havia fugido. Aterrorizada, ela se esconde nas sombras, pedindo que todos os seus conhecidos tomem cuidado e se protejam. Sem saber em quem confiar, graças ao fato dos poderes de seu inimigo poderem controlar qualquer um, Jessica se refugia na casa de Scott Lang.



Mas Killgrave encontra a moça, invade o local e controla a mente dos dois. O terror psicológico começa, e o Homem purpura atormenta Jessica passeando com ela pela cidade. Ele queria ver o fim daquilo que ele tentou começar tempos atrás e causa uma confusão generalizada para atrair a atenção dos heróis. Quando eles começam a chegar, ele ordena à Jessica Jones que escolha um herói qualquer e o mate.



Com seus sentimentos no auge do terror, Jessica acaba despertando um gatilho psicológico implantado por Jean Grey, que possibilitava à detetive se libertar de um novo ataque de Killgrave, caso ocorresse. Jessica tem sua lucidez de volta e desconta toda sua raiva no insano manipulador.



O Homem Púrpura é nocauteado e preso. Se sentindo bem, Jessica tira todo o peso de seus ombros e supera o passado. Conversando com Scott Lang que também se libertou do transe, finalmente ela se sentia mais confortável, aproveitando o momento para contar mais um pequeno segredo para ele. Ela estava gravida!... E não era dele.



Jessica Jones abre seu coração para Luke Cage, que também mostra seus sentimentos para a moça. Eles decidem criar o bebê juntos, e uma firme história entre os dois começa a surgir.



http://marvel.wikia.com/wiki/Alias_Vol_1_24

http://marvel.wikia.com/wiki/Alias_Vol_1_25
http://marvel.wikia.com/wiki/Alias_Vol_1_26
http://marvel.wikia.com/wiki/Alias_Vol_1_27
http://marvel.wikia.com/wiki/Alias_Vol_1_28


Publicada no Brasil
Marvel Max Especial n° 1- Panini

Cronologia Demolidor

Cronologia Capitão América


Cronologia X-Men

0 comentários :

Postar um comentário

Os comentários são moderados.