terça-feira, 2 de junho de 2015

Amazing Spider-Man Vol 1 62 - Julho/1968



EDIÇÃO ANTERIORARCO / ANOPRÓXIMA EDIÇÃO
03 - SILVER AGE / 1968Strange Tales 168 - Nick Fury

Um enredo aparentemente apressado colocando frente a frente o rapaz das teias e a moça das madeixas. A Medusa vem à civilização em um missão, mas o que ela vê é patético e mostra o quanto o ser humano é ridículo.




Raio Negro envia a Medusa até a cidade de Nova Iorque para que ela avalie se os humanos estavam mais abertos à convivência pacífica com os Inumanos e a moça vem sobrevoando a cidade com a intenção de estudar a reação das pessoas ao vê-la andando pelas ruas.



Um empresário fabricante de cremes de cabelo vê a moça e a contrata para ser garota-propaganda, e a Medusa aceita com a intenção de conviver mais de perto com os humanos, mas ela não gosta muito da experiência e não se interessa por fama e altos cachês. Abandonando o projeto no meio, a Medusa deixa o empresário Montgomery Bliss irritado.



Bliss vê o Homem Aranha e pede que ele detenha a inumana dizendo que ela quebrou todo o escritório dele e ameaçava destroçar toda a cidade. O Aranha tenta deter a cabeluda e os dois se enfrentam, enquanto um fotógrafo da empresa de cosméticos tirava fotos dos cabelos esvoaçantes da moça.



Até que uma hora ela acaba convencendo o cabeça de teia que Montgomery Bliss era um mentiroso e que ela não tinha nenhuma culpa, e o Aranha deixa a moça partir. Ela vai embora certa que ainda não era hora dos Inumanos reaparecem enquanto o herói vai até a imprensa dizer que a medusa era maluca,  acabando com a imagem dela e, consequentemente, com a possibilidade de alguém explorar alguma imagem da ruiva.



Uma trama simplória e sem muito à acrescentar aos demais enredos cotidianos de Peter Parker. Ele tenta se reaproximar de Gwen Stacy, mas ela ainda estava chateada com a divulgação das fotos do pai dela...



... e Mary Jane tenta em vão conseguir algo com Peter nesse momento de crise na relação entre ele e a loira.



0 comentários :

Postar um comentário

Os comentários são moderados.