sexta-feira, 18 de julho de 2014

Thor Vol 1 136 - Janeiro/1967

EDIÇÃO ANTERIORARCO / ANOPRÓXIMA EDIÇÃO
03 - SILVER AGE / 1966Daredevil 19

Quem nasce rei nunca perde a majestade. E quem nasce plebeu nunca ganha a majestade... É o que concluímos após essa história do deus do trovão, que mostra que por mais que Thor goste de uma mortal, ela nunca será digna... Se isso funciona com Mjolnir, porque não com Jane Foster?



Thor finalmente consegue levar Jane Foster para Odin abençoar a união entre os dois, e Odin mostra toda a sua educação ao receber a moça, que estava impressionada com a enormidade e a imponência de Asgard...



... mesmo estando sob ataque dos Trolls 



Odin presenteia Jane com poderes de uma deusa, e ela passa a conseguir voar. Mas em sua primeira tentativa, a moça se desconcentra e quase cai, sendo salva por Thor.



Odin ordena que a moça passe por uma provação e ateste que é merecedora de seu novo status-quó divino. O pai de Thor coloca a moça para enfrentar o Desconhecido, um ser que se alimenta do medo de seus oponentes, e a moça não consegue ficar nem um minuto dentro da sala.



Jane tem um ataque histérico e afirma que não quer ficar naquele local maluco e cheio de perigos e Odin, mais que depressa, atende aos desejos da moça mandando-a de volta à Terra. A moça aparece de volta na Terra em um hospital, sem nenhuma lembrança sobre Asgard e Thor. Ela é contratada como enfermeira de um doutor e logo demonstra que se interessou pelo galante médico, aparentemente apagando de vez as lembranças sobre Thor.



Thor acha que tudo aquilo foi planejado por seu pai e acaba ofendendo-o, o que deixa Odin enfurecido. Depois de um pito "mítico"...


... Thor acaba aceitando o destino de Jane e vai afogar as mágoas em Gundershelm, onde os Trolls atacavam. Thor, ainda confuso, se defende de forma displicente na batalha e quase é derrotado, mas acaba sendo ajudado por um guerreiro que o incentiva a lutar dignamente.


Quando finalmente eles derrotam os Trolls, Thor descobre que quem o apoiava era na verdade, uma guerreira. Lady Sif, amiga de infância de Thor, conta que o amara enquanto criança, mas nunca foi correspondida. Thor se interessa pela bela guerreira e Odin, que acompanhava tudo aquilo à distância, mostra toda sua satisfação com o sucesso do seu plano.



Thor se mostra o cara mais volúvel da mitologia nórdica. Pouco tempo atrás, ele quase abdicou de seus poderes divinos para ficar com Jane Foster, mas logo que encontrou outro rabo de saia que lhe deu um ombro amigo, já ficou todo interessado! Tudo bem que era amor de infância mal resolvido, mas tão rápido assim?



E Odin, que demonstra que sogro pode ser muito pior que sogra! Jane Foster deixará de ser personagem recorrente da revista do Thor e o interesse romântico do vingador divindade passará a ser a guerreira. Tomara que ela seja mais bruta e não tão fútil quanto as mulheres dos demais heróis!



http://marvel.wikia.com/Thor_Vol_1_136

* Apesar dessa história ter sido publicada em 1967, ela entra na cronologia de 1966 pois Thor precisa participar da história contada em Amazing Spider-Man Annual 3, que se passa na Terra e nesse momento ele ainda não havia voltado ao nosso planeta.

Publicada no Brasil
O Poderoso Thor (Bloquinho Sensacional) n° 5




0 comentários :

Postar um comentário

Os comentários são moderados.