terça-feira, 29 de julho de 2014

Amazing Spider-Man Annual Vol 1 3 - Novembro/1966


EDIÇÃO ANTERIORARCO / ANOPRÓXIMA EDIÇÃO
03 - SILVER AGE / 1966X-Men 25 e 26

Na minha opinião, essa é a revista que define as 5 grandes linhas da Marvel, e as que utilizo para fazer o site. A grande recusa do Homem Aranha o coloca em uma linha única, com seus próprios problemas, seus próprios vilões, seus próprios arcos, e porque não seu próprio sucesso. O herói amigão da vizinhança decide seguir seu caminho sozinho, sem a ajuda de outros heróis. E também sem ninguém para atrapalhar.



Os Vingadores aproveitavam a passagem de Thor pela Terra e a presença do Homem de Ferro após retornar do oriente para substituir o Mercúrio e a Feiticeira Escarlate para decidir se convidavam ou não o Homem Aranha para fazer parte do grupo. Devido à má fama do cabeça de teia, a discussão se alonga até que eles decidem consultar a opinião do Demolidor, que já ele havia trabalhado em conjunto com o Aranha antes e podia ajudar.



O Demolidor dá ótimas referências sobre o Aranha (apesar de alguns acontecimentos mais recentes) e os heróis decidem convidá-lo para um teste. Thor encontra o herói perambulando pela cidade e o chama, o que deixa o Aranha surpreso. Depois de pensar um pouco, Peter decide ver no que ia dar aquela coisa toda.



Ao chegar à mansão dos Vingadores, o Homem Aranha é recebido por todos, mas o clima de confraternização acaba logo quando o jovem herói se vê questionado sobre suas habilidades e, como todo bom encontro de heróis, eles acabam saindo na porrada.



Quando finalmente todos chegam ao consenso sobre o teste ideal, o Aranha parte em busca de seu desafio: encontrar e trazer até os Vingadores o Hulk. O Aranha encontra o gigante esmeralda em uma instalação de testes com raios Gama e faz de tudo para dominá-lo, mas obviamente aquilo não era uma tarefa fácil.



A radiação gama acaba vazando e atingindo o Hulk, que se transforma em Bruce Banner e explica todo o seu drama para o herói. Ao descobrir a identidade do esverdeado e ver que o cientista era também uma vítima, o Aranha decide não entregá-lo aos Vingadores, pois percebe que todo herói tem suas motivações, preocupações e problemas.



Ao desistir da missão, o Aranha também desiste de fazer parte do grupo e retorna até a mansão dos Vingadores para comunicar sua recusa. Estupefatos, os heróis decidem deixar a idéia pra lá, e assim o Homem Aranha passa a seguir um caminho próprio, que ele seguiria sozinho, mesmo sem acreditar totalmente em suas decisões.



Típicas de um adolescente, as decisões de Peter Parker seriam incrivelmente benéficas para ele, pois o caminho que ele trilharia seria muito diferente que os demais heróis. Definitivamente eles estavam separados e cada um ganhava um "micro-universo" para explorar. Ótimo para nós, leitores e amantes da nona arte.



É divertido ver o Gavião Arqueiro torcer pelo Aranha depois de tudo o que eles passaram e os protestos da Vespa, também justificáveis, e mais incrível ainda é ver o primeiro encontro efetivo entre todos os Vingadores e o Homem Aranha, depois de um crossover frustado.



A localização cronológica dessa história depende da presença de Thor na Terra, do Hulk na cidade, e da ausência do Mercúrio e da Feiticeira Escarlate. Thor e o Homem de Ferro deixam claro que estão ali apenas para ajudar o grupo. O Gigante ainda aparenta estar preso em seu enorme tamanho e Peter Parker já tem sua motocicleta, portanto esse momento da cronologia é excelente para essa história.



E olha o erro cronológico... O Aranha já tinha encontrado o Hulk antes em Amazing Spider-Man 14, mas a nota na revista menciona a revista Amazing Spider-Man 10! Nada a ver!!!



http://marvel.wikia.com/Amazing_Spider-Man_Annual_Vol_1_3


Publicada no Brasil
Spider-Man Collection n° 9



0 comentários :

Postar um comentário

Os comentários são moderados.