terça-feira, 15 de abril de 2014

Daredevil Vol 1 16 e 17 - Maio e Junho/1966



EDIÇÃO ANTERIORARCO / ANOPRÓXIMA EDIÇÃO
03 - SILVER AGE / 1966Avengers 30 e 31

Estamos de volta ao velho modo Marvel de resolver as coisas... Muita porrada e pouca conversa. Dessa vez a confusão é entre o homem sem medo e o amigão da vizinhança. Diálogo é algo que não existe na comunidade heróica.



Um estranho mascarado intitulado Saqueador Mascarado, que andava ameaçando a ordem na cidade, bola um plano que colocaria o Demolidor contra o Homem Aranha. Como o cabeça de teia já andava atrás do vilão, ele decide tirar a atenção do herói atacando-o como se fosse outra pessoa. E o pequeno exército fantasiado que ele arruma é considerável.



Os falsos demolidores provocam o Homem Aranha de todas as formas possíveis, até que ele decidir contra-atacar. Mas a notícia começa a se espalhar e o verdadeiro Matt Murdock decide investigar quem estava usando sua imagem. Logo ele encontra o Aranha, que já estava irritado e decide partir para a briga, ignorando a parceria que eles já tinham compartilhado antes. Se me lembro bem, já houve algo assim antes, não é mesmo?



Enquanto eles lutavam, o Saqueador Mascarado faz um roubo ousado. Ele consegue furtar os planos de desenvolvimento de um novo veículo usando seus capangas e um fortíssimo raio de luz que cegava quem o atrapalhasse, e as consequências são grandes pois tanto o Demolidor como o Homem Aranha ficam com a fama de terem ajudado no assalto, distraindo a polícia com a luta. Lógico que quem difamava o Aranha era o Clarim Diário de Jonah Jameson.



Desesperado para tentar limpar seu nome, o Aranha procura pelo Saqueador Mascarado, mas percebe seu sentido aranha tilintando. Ele conclui que deveria ser a presença do Demolidor em algum lugar por perto e vai até a janela que seus sentidos indicavam. Era a janela do escritório de Murdock, e o Aranha vai invadindo o local e atacando o único que poderia ser o herói sem a roupa vermelha: Foggy Nelson! Afinal, nem a moça nem o homem cego não poderiam ser o Demolidor...



Depois de ficar pendurado pra fora da janela, Foggy argumenta com o Aranha que ele também mantinha sua identidade em segredo. O argumento é aceito e o Aranha decide deixá-lo em paz. Mas em outra demonstração de estupidez, Nelson acaba vendo uma oportunidade naquela situação.



De maneira imbecil, Foggy acha que conseguiria impressionar Karen Page e começa a insinuar que poderia ser sim o Demolidor (na verdade ele apenas não nega que não era ele). Matt, sabendo do risco que seu colega corria, tentar fazer com que ele deixe a ideia de lado, mas seu parceiro cabeçudo continuar levando a cena adiante.



Sem ter mais o que fazer, o Demolidor segue com seu plano de capturar o Saqueador Mascarado. O herói usa Jonah Jameson para plantar uma notícia na mídia, afirmando que o roubo do vilão havia sido incompleto, pois ainda restavam informações importantes e essenciais para que o projeto valesse alguma coisa.



Após ver a declaração de seu chefe, o Homem Aranha passa a vigiar a sede da empresa que havia sido roubada e encontra o Demolidor, que também rumava para lá. Eles novamente saem na porrada até a chegada do Mascarado, que acaba dividindo as atenções. O Aranha ataca primeiro o inimigo comum mas é atingido pelo raio brilhante e não conseguia mais enxergar. Só restava o Demolidor para lidar com a situação.



Por ser cego, o Demolidor não sofre os efeitos do raio e consegue surpreender o vilão. Eles lutam mas os capangas do mascarado tentavam escapar em um balão dirigível, então o Demolidor explode tudo para impedi-los. No meio da confusão o Saqueador Mascarado consegue fugir.



A identidade do Saqueador Mascarado não é revelada nessa história, e para piorar, o vilão ainda passa por Karen e Foggy na rua e ouve a conversa fiada do advogado concordando com a possibilidade dele ser o Demolidor. Estava feita a confusão e um plano de vingança se delineava.



Segundo algumas fontes, a arte de John Romita nessa edição com o Homem Aranha chamou a atenção e o levou a assinar os desenhos da revista Amazing Spide-Man após a saída de Steve Ditko.



E os desenhos são tão legais que um dos quadrinhos virou o selo da capa da revista do Demolidor da edição 27 até a edição 80!



O mais incrível é que, mesmo sem diálogo entre os heróis, eles falam o tempo todo durante uma luta! Será que não dava para parar um pouco de lutar?



Entre os insultos, vemos o Homem Aranha falando mal da roupa vermelha do Demolidor, afirmando que a amarela era melhor. Estilista você agora, Peter Parker?



Entre eles não há conversa, mas Peter pelo visto adora falar com a TV!



Se falar muito é uma arte, o que dizer então de um quadrinho repleto de pensamentos? Essas idéias da equipe de Stan Lee são engraçadas demais!



http://marvel.wikia.com/Daredevil_Vol_1_16
http://marvel.wikia.com/Daredevil_Vol_1_17


Publicada no Brasil
O Demolidor 15 e 16




3 comentários :

  1. é coincidência, mas estou diagramando essa edição no momente... muito boa, uma luta entre os justiceiros da noite armada pelo mestre mascarado da maggia.
    e o mais engraçado é o aranha achar que foggy seja o demolidor.. rsrsrs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A luta dos dois nas mãos do Romita fica ainda mais empolgante, não é? E essa do Foggy realmente foi engraçada. Pelo menos ele ainda não estava "tão" gordinho, como em edições posteriores!
      Valeu Rani!!!

      Excluir

Os comentários são moderados.