segunda-feira, 28 de abril de 2014

Amazing Spider-Man Vol 1 38 - Julho/1966


EDIÇÃO ANTERIORARCO / ANOPRÓXIMA EDIÇÃO
03 - SILVER AGE / 1966Fantastic Four 52 e 53

Apenas um cara chamado John Smith! Esse é o nome da história do Homem Aranha nessa edição. Era para ser uma história bem genérica, assim como o nome do coadjuvante principal, mas a história é até interessante, com um fundo emocional diferente das demais aventuras que acompanhamos do cabeça de teia.



Um John Smth qualquer (aqui no Brasil seria algo como João da Silva, um nome comum), genérico boxeador falido e fracassado, quer de qualquer forma provar que pode ser alguém na vida. Ajudado por um bondoso empresário, ele consegue um bico de figurante em um filme onde ele simplesmente precisa fazer a única coisa que ele sabe... Bater!



Ele acaba sofrendo um acidente e é atingido por uma descarga elétrica junto com algum produtos químicos, que o deixam transtornado e extremamente forte. Esse é o plot para mais um caso de pessoas fantasiadas descontroladas em Nova Iorque.



Em paralelo, a vida de Peter Parker continua caótica. Ele briga com Ned Leeds por causa do sumiço de Betty Brant, e continua sofrendo bullying da dupla Flash Thompson e Harry Osborn.




Mas o principal problema de Peter é defender a vizinhança e quando ele encontra o John Smith descontrolado pela rua, o jovem veste sua roupa de herói tenta deter o maluco, mas é jogado longe.



Para piorar a situação, Norman Osborn usa um disfarce e planta um rumor no submundo do crime de que havia uma recompensa pela cabeça do Homem Aranha, pois ainda estava inconformado com a última intervenção do herói atrapalhando seus planos, e todos os bandidos da cidade tentam ganhar o dinheiro mole. Isso atrapalha muito o Aranha em sua caçada ao maluco fantasiado e sem nome.



Em mais um surto psicótico, John Smith volta a sua antiga academia de boxe para socar aqueles que o tratavam mal antigamente. O Homem Aranha passava por perto, ouve a confusão e tenta interferir mas os boxeadores não eram pessoas do bem e sabiam da recompensa pelo herói.



O Aranha passa quase duas páginas inteiras batendo e se defendendo de seus oponentes, até que consegue atingir um belo golpe no John Smith, que recupera seus sentidos.



Naquele momento, a polícia chega mas o empresário do atordoado rapaz o defende e conta à todos sobre o acidente que atingiu Smith. Aquele que aparentemente se tornaria alguém mal acaba sendo perdoado e é contemplado com um contrato para atuar de figurante nos filmes do estúdio. A redenção do cara que quase foi mais um Zé Ninguém acaba de forma emocionante enquanto o Aranha descobre sobre a recompensa e ficar irritado, tendo que sair de cena. Detalhe para a emoção do John Smith!



Peter Parker vai percebendo que realmente incomoda os figurões do submundo do crime. O herói enfrenta tudo quanto é tipo de vilão para defender a cidade, mas tem que encarar recompensas pela sua cabeça, colegas de escola que gostam de tratá-lo mal, colegas de trabalho que o vêem como mentiroso, alem de casos de amor mal resolvidos.


E ele ainda é azarado o bastante para chegar atrasado em sua casa e mais uma vez perder a chance de conhecer a misteriosa Mary Jane Watson, que nunca mostrava o rosto.



Essa é a última edição de Steve Ditko na revista Amazing Spider-Man. A capa é um grande catadão de imagens que vemos dentro da própria revista, coisa que não acontecia na Marvel, e que demonstrava que realmente as coisas não andavam bem por lá.



Há rumores até de que uma das cenas finais da história, onde o Homen Aranha encontra um manequim para socar e descontar sua raiva, não era a cara de Ned Leeds, e sim o rosto de Stan Lee, numa provocação de Ditko! Essas histórias nas entrelinhas se espalhavam pelas revistas...




http://marvel.wikia.com/Amazing_Spider-Man_Vol_1_38





Publicada no Brasil
Biblioteca Histórica Marvel - Homem Aranha Vol 4



0 comentários :

Postar um comentário

Os comentários são moderados.