quarta-feira, 13 de novembro de 2013

Tales of Suspense Vol 1 72 - Homem de Ferro - Dezembro/1965


EDIÇÃO ANTERIORARCO / ANOPRÓXIMA EDIÇÃO
Amazing Spider-Man 3003 - SILVER AGE / 1965Avengers 21 e 22

Aparecem os gadgets de Tony Stark e as histórias entram na linha da espionagem definitivamente, mas não deixam de lado os super-seres. A armadura do Homem de Ferro desperta curiosidade e ganância, além do velho aspecto chamado "poder militar". Quem fica no meio dessa balança é Tony Stark, que sofre pressão por parte das pessoas mais próximas para ser mais humano, e por parte do governo para ser menos humano.


Depois de derrotar o Homem de Titânio, o Homem de Ferro não demonstra orgulho por saber que o preço foi alto. Seu amigo Happy Hogan estava hospitalizado e seu lado físico sofria com o fraco coração. Não bastasse tudo isso, a tal Condessa Spiroza fica se preocupando com os foras que levou e decide uma vingancinha em Tony Stark.


Ela descobre o endereço do Pensador Louco e paga para ele descobrir a identidade secreta do Homem de Ferro. O Pensador calcula que ela pediria isso e manda o Assombroso Andróide para sequestrar Tony Stark, sempre com aquela precisão milesimal. Detalhe para a posição (nos dois quadrinhos abaixo) do Pensador, que assumiu definitivamente sua inspiração!


Tony é levado ao esconderijo do Pensador Louco e vê que ele atuava com a Condessa. O Pensador tenta abrir a maleta de Tony Stark e esqueceu de pensar que aquele precioso acessório poderia ter algum tipo de proteção. A maleta solta um tipo de gás do sono e apaga os dois inimigos, dando tempo suficiente para Tony vestir sua armadura e agradecer pelo Assombroso Andróide não ter olhos.


O Pensador desperta rapidamente e passa a ajudar seu enorme andróide, que absorveu os poderes do Homem de Ferro e lança um raio energético no herói, mas não pensou na reação de seu oponente, que dispara um vapor reflexivo e os raios energéticos são direcionados ao andróide, e na sequência o herói explode todo o equipamento que o ocupava.


O Pensador é preso, a Condessa Spiroza fica descansando os pés (em mais uma das sensacionais referências dos anos 60) e Tony volta ao escritório e tenta da maneira mais absurda tentar convencer Pepper que nada havia acontecido, sendo que ela viu o enorme ser que havia quebrado paredes para sequestrar seu chefe.


Tony vai ficando cada vez mais louco e cada vez mais pressionado também pelo governo, na figura do senador Harrington, que quer reter os segredos da armadura do guarda-costas do playboy e beneficiar os EUA.


Os cálculos do Pensador Louco continuam absurdamente precisos, mas a ínfima margem de erro continua sendo a fatia utilizada pela realidade no final. Acho esse personagem um dos mais absurdos da universo Marvel e um dos mais antagônicos... Alguém que calcula até pensamentos chegando ao ponto de acertar horários com precisão de 6 segundos E MEIO(!) não pode ser o campeão em cair em erros primários. Se ele quer almejar alguma coisa, precisa parar de pensar em projeção geométrica e passar a treinar mais a tabuada.


http://marvel.wikia.com/Tales_of_Suspense_Vol_1_72




Publicada no Brasil
Homem de Ferro e Capitão América (Capitão Z) - nº 3

0 comentários :

Postar um comentário

Os comentários são moderados.