quarta-feira, 24 de julho de 2013

Journey into Mystery Vol 1 114 e 115 - Março e Abril/1965


EDIÇÃO ANTERIORARCO / ANOPRÓXIMA EDIÇÃO
Strange Tales 133 (Tocha Humana)03 - SILVER AGE / 1965Strange Tales 134 (Tocha Humana)

Mais uma vez Loki tenta derrubar seu meio-irmão Thor. Dessa vez o deus da trapaça dá poderes a um sujo prisioneiro, tornando-o capaz de absorver tudo o que o cerca. Desde os poderes dos heróis até a matéria dos objetos que estão ao seu alcance. Só o nome que ele ganhou aqui no Brasil que deprecia sua honra e tira toda e qualquer moral que ele possa ter. Ele é o Homem Absorvente.



Enquanto Thor combatia um agente inimigo depois de retornar da missão que aprisionou o Cavaleiro Negro e o Derretedor, Loki tenta enviar um feitiço para deixar o deus do trovão com os reflexos lentos, mas ele não obtém sucesso e Thor derrota seu inimigo. Loki fica doido da vida e enfeitiça a bebida de um prisioneiro chamado Carl Creel, que percebe algo errado em seu organismo ao ficar com o corpo de ferro pois havia uma bola de ferro em seu tornozelo. Ele logo consegue escapar da prisão e parte para as montanhas, procurando um esconderijo.




O Dr Blake atende um repórter chamado Harris Hobbs que se machucou ao cobrir a fuga de Carl e contou toda a história ao médico, que logo se transforma em Thor para investigar. O Homem Absorvente estava camuflado de pedra nas montanhas e ataca Thor por trás, conseguindo absorver seus poderes.



Durante a luta, Thor percebe que seu inimigo é poderoso e tenta desarmá-lo com um tufão, mas o Homem Absorvente também faz o mesmo. O repórter que Blake atendeu chega ao local e tenta ajudar Thor jogando dinamite no vilão, mas o Homem Absorvente percebe e devolve o explosivo. Thor puxa o repórter para dentro do tufão e o salva.



O Homem Absorvente rouba um carro e tenta fugir para a cidade, já pensando em tudo o que poderia conseguir com aquele poder, mas Thor consegue impedir a fuga e eles saem no braço de novo. Porém, dessa vez eles são cercados por uma névoa estranha e Thor percebe a ponte do arco-íris debaixo de seus pés.



Era Balder, que havia vindo buscar Thor para que ele ajudasse a resgatar Jane Foster, sequestrada por Loki. Ao ouvir o nome de sua amada, Thor esquece o Homem Absorvente e sai cavalgando até Asgard, numa típica atitude dos heróis da época, que sempre acabavam colocando seus interesses pessoais acima do bem maior.



Na edição 115, ao encontrar Jane presa por Loki, Thor sai no braço com seu irmão enquanto Jane fixe sem entender porque ela está ali. Loki tentar prender Thor em uma massa de gelo, mas Thor logo se liberta. A batalha continua até a chegada de Odin que, enfurecido, reclama por causa da briga.



Loki tenta enganar Odin dizendo que Jane Foster estava ali trazida por Thor para torná-la imortal. Com todas essas loucuras acontecendo em sua volta, Jane desmaia e Odin, sem saber em quem acreditar (mesmo com todo o histórico de sacanagens de Loki) decide conclamar o Juízo dos Deuses.



Thor pede um tempo a Odin, para que ele possa levar Jane de volta a Midgard e acabar com o combate que ele começou por lá. Com a permissão do supremo deus, Thor deixa Jane na casa dela, apaga de sua memória os acontecimentos recentes e sai em busca do Homem Absorvente.



O vilão estava no subúrbio, aterrorizando um casal inocente. A polícia seguia seus passos usando as informações dadas pelo repórter Hobbs, mas Thor chega antes e pede que os mortais não enfrentem aquela criatura.



Quando o inocente casal tenta tirar o Homem Absorvente de sua casa ele perde as estribeiras e tenta agredir aquelas pessoas, mas Thor se mete no meio e outra insana batalha se inicia.



Entendendo os poderes de seu opositor Thor usa um truque e faz com que ele absorva gás Hélio (sabe-se lá onde Thor encontrou gás Hélio para fazer seu oponente absorver esse elemento). O vilão sai voando pelos ares e Thor parabeniza o repórter e todas aquelas pessoas pela coragem. Antes de voltar á Asgard, ele ainda dá uma passadinha na casa de Jane Foster para vê-la uma ultima vez.



Loki continua fazendo de tudo para irritar Thor e seus truques não tem fim. Dessa vez até um hashi ele usou para jogar uma pitada de seus poderes na Terra. E mesmo sabendo de outras aberrações feitas pelo deus da trapaça, Odin continua deixando sua raiva por algumas atitudes de Thor falar mais alto, mas sempre há um dedinho de Loki. É um absurdo Odin condenar Thor a um julgamento conhecendo toda a péssima índole de seu outro filho.




http://marvel.wikia.com/Journey_into_Mystery_Vol_1_114
http://marvel.wikia.com/Journey_into_Mystery_Vol_1_115

Publicada no Brasil
Coleção Histórica Marvel Vol 2 - Thor










0 comentários :

Postar um comentário

Os comentários são moderados.