sexta-feira, 22 de março de 2013

Fantastic Four Vol 1 34 - Janeiro/1965


EDIÇÃO ANTERIORARCO / ANOPRÓXIMA EDIÇÃO
Strange Tales 118 (Tocha Humana)03 - SILVER AGE / 1964Uncanny X-Men 9

Dinheiro não traz felicidade? É possível equilibrar poder e família? Dinheiro sobe à cabeça? Perguntas clichês que dão o tom dessa história do Quarteto Fantástico, que acaba tendo um argumento fraco e exagerado. Ter dinheiro é o maior barato, mas nem tudo é possível!



Gregory Gideon, aparentemente a quarta maior fortuna do mundo, decide acelerar seu plano de se tornar o homem mais rico do planeta e faz uma aposta com seus concorrentes. Ele é desafiado a derrotar o Quarteto Fantástico e, se tiver sucesso, ganharia a fortuna dos outros três multimilionários. Sedento pelo poder e já com histórico de pessoa inescrupulosa, Gideon chama seus estrategistas para um plano infalível.



Surge então uma nave Skrull e o Coisa desconfia que eles se disfarçaram de Reed Richards e passa a atacar o Senhor Fantástico. Ao mesmo tempo, Johnny Storm desconfia que sua irmã Susan estava sob controle do Mestre dos Bonecos, enquanto ela acha que aquele Tocha Humana que a atacava era um robô do Doutor Destino. Definitivamente não há diálogos entre esse pessoal



Mas tudo fazia parte do plano de Gideon (até uma nave do Skrulls?) e ele gradativamente vai minando a relação do Quarteto. Eles brigam, brigam, brigam e quando tentam criar alianças para se ajudarem, Reed se defende com uma arma que ele "achou" sem nem saber como aquilo havia aparecido ali, e causa uma explosão absurda, atordoando todo mundo.



Só que Gideon tem outro problema... Ele deixou sua esposa e filho em segundo plano para cuidar de sua fortuna. E o filho dele, Thomas Gideon (guarde esse nome), adora o Quarteto Fantástico. Ao descobrir o plano do pai, o pequeno tenta avisar os heróis e acaba caindo em uma armadilha criada pelo seu próprio pai para se livrar do grupo de heróis. Uma máquina do tempo do mesmo modelo que a usada pelo Doutor Destino estava plantada no Edifício Baxter, para mandar os heróis para o passado.



Ao ver seu filho sendo sugado para outra época, Gregory cai em si e abandona o plano, desesperado. Graças à sorte, Reed Richards, que se escondia dos ataques do Coisa, encontrou o controle da máquina e desligou-a, evitando que o garoto se perdesse. Gregory abdica de sua fortuna e promete se dedicar apenas à família! Romanticuzinho demais...



Se o dinheiro pode comprar tudo o que foi mostrado, inclusive máquinas do tempo, eu não sei... Mas o Quarteto Fantástico definitivamente precisa se preocupar mais com a segurança em seus próprios domínios. Se eles vivem lá no Edifício Baxter de aluguel e ainda constroem uma plataforma para foguetes dentro do prédio, alguma coisa está errada? Inquilinos petulantes heim!



E o alivio cômico é ver Reed Richards formando rodas com suas pernas elásticas (como isso funciona?) e o Coisa ganhando uma peruca estilo "Beatles" do pessoal da Rua Yankee. O Tocha tirou um sarro, o Coisa reclamou, mas depois usou e ainda ficou imaginando como seu inimigo careca ficaria com o ridículo acessório...



http://marvel.wikia.com/Fantastic_Four_Vol_1_34

Publicada no Brasil
Quarteto Fantástico (Estréia!) 1ª Série - n° 20





0 comentários :

Postar um comentário

Os comentários são moderados.