terça-feira, 10 de janeiro de 2012

Strange Tales Vol 1 106 - Março/1963


Edição Anterior
Arco / Ano
Próxima Edição
Tales to Astonish 4003 - Silver Age / 1963Strange Tales 107

Eu já havia comentado antes que achava um absurdo Johnny Storm tentar esconder sua identidade, sendo que o Quarteto Fantástico tinha fama em demasia. Nessa edição de Strange Tales, minha teoria vem à tona.


Logo no começo da história, Carl Zante, o Acrobata, vai ao encontro de Johnny na casa dele, com a permissão de Sue, como se qualquer um pudesse entrar e visitar o jovem herói. Ficamos sabendo que, na verdade, todos sabem que Johnny Storm e o Tocha Humana são a mesma pessoa, mas que ninguém comenta porque entendem que Johnny não quer isso e respeitam essa decisão. Uma explicação mixuruca da Marvel e gritos de desespero dos paparazzis. Será que isso realmente ocorreu na cabeça das pessoas um dia?



Usando argumentos contra Reed Richards e os demais membros do Quarteto, Zante atinge a ganância e o ímpeto do Tocha. Ele se rebela e se junta ao Acrobata para formar uma nova dupla. Algo como "A Dupla Tórrida", numa tradução livre. Que horror heim!

Logo no primeiro ato heróico, o Tocha Humana percebe que foi enganado. Para sua sorte, a mira do vilão é péssima e as armas não funcionam direito, além da ajuda providencial da irmã do jovem inexperiente.


Dessa vez, Johnny toma a briga para ele e, sozinho, resolve toda a questão. Para mim, uma forma de mostrar que o herói está evoluindo, amadurecendo, e merece ter uma revista exclusiva para suas aventuras em carreira solo. Ou pelo menos merecia, visto que o Quarteto tem acompanhado, mesmo que de longe, o Tocha nas edições de Strange Tales e vai continuar assim.

http://marvel.wikia.com/Strange_Tales_106

Publicada no Brasil
O Tocha Humana (Bloquinho Espetacular) n° 4




0 comentários :

Postar um comentário

Os comentários são moderados.