terça-feira, 3 de janeiro de 2012

Fantastic Four Vol 1 10 - Janeiro/1963


Edição Anterior
Arco / Ano
Próxima Edição
Cable #-103 - Silver Age / 1963Tales to Astonish 39

O retorno do grande Doutor Destino traz também uma boa dose de suspense à essa edição do Quarteto Fantástico


Na última vez que encontramos o Doutor Destino, ele havia sido banido para o espaço sideral. Ele viajou muito até encontrar os Ovóides e nesse planeta distante, conheceu novos grandes poderes. Dentre eles, a capacidade de trocar de corpo com outra pessoa. Usando essa habilidade, ele ataca Reed Richards e, no corpo do Senhor Fantástico, planeja acabar com os demais membros do Quarteto. Só que ele não contava com a intuição do Coisa e com a sensibilidade de Alicia Masters.


O enredo é muito interessante, o plano do Destino é ótimo, mas essa idéia de usar o instinto do Coisa estraga um pouco a história. E para piorar, como falamos na última aparição do Tocha Humana, os poderes do jovem Storm parecem não ter limites. Criar uma ilusão com o calor do corpo, simulando algo que está acontecendo em outro lugar é outra mancada de Lee e Kirby. Mas não chega a apagar a ótima história que ainda introduz elementos sentimentais quando Reed questiona Sue sobre os sentimentos que a Mulher Invisível mantém por Namor. E ainda menciona pela primeira vez o namoro do Coisa com Alicia.


E por falar na dupla Lee / Kirby, percebemos que a mania de fazer pontas nos filmes da Marvel é originária da década de 60. Os dois aparecem no estúdio de criação e ainda recebem a visita do Doutor Destino. Pena que seus rostos não estão aparentes. Estratégia digna de Hitchcock.




http://marvel.wikia.com/Fantastic_Four_10

Publicada no Brasil
Biblioteca Histórica Marvel - Quarteto Fantástico Vol 1


2 comentários :

  1. O melhor das revistas do Quarteto Fantástico é a sessão de cartas dos leitores (e as respostas do Stan Lee LOL)

    Pra mim a melhor foi a primeira, se não me engano na edição #3, mas essa foi interessante, porque o Stan responde a uma carta sobre um assunto que você sempre comenta nas edições da Strange Tales, sobre a identidade secreta do Tocha hahahah

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala Fabiano!
      Confesso que poucas vezes parei para ler a sessão de cartas das revistas da Marvel, mas sei que tem algumas situações bem interessantes! Stan Lee não tem nada de bobo e sabe ouvir o cliente de seus produtos!
      Valeu pela curiosidade!

      Excluir

Os comentários são moderados.